Blusa Artemis

27 de junho de 2015


Olá pessoas!

Ando meio sumida do blog, mas nunca o abandono. Mesmo que às vezes eu poste menos do que gostaria e que cada vez menos as pessoas leiam os post devido a concorrencia e facilidade das redes sociais. Procuro pelo menos sempre postar e contar algo sobre as peças que faço. Essa blusa já estava nas agulhas faz um tempinho, por ser um projeto em preto, todo feito no olhometro, eu fui intercalando com outras coisas pra não ficar cansativo. Quando vi esse modelo me apaixonei o detalhe nos ombros está super em alta e dá um toque lindo na peça. Porém para chegar nesse resultado foram necessárias muitas tentativas e desmanchar várias vezes. A parte das costas foi outro parto, acho que fiz umas 4 vezes ate ficar como eu queria. E quando estava toda montada com as mangas e decote prontos, provei a blusa e achei que o buraco nas costas tinha ficado grande demais.
Para resolver esse problema sem ter que refazer a blusa toda novamente, eu fiz carreiras circulares do ponto base ao redor do buraco antes de passar as carreiras de acabamento.
No fim amei o resultado e valeu a pena todas as vezes que desmanchei, sei que muita gente desanima quando tem que desmanchar. E sempre digo isso faz parte do aprendizado e só desmanchando, estudando a peça e refazendo chegamos a perfeição e isso não tem curso ou receita que ensine é a prática e muito amor mesmo.
Acabei achando o gráfico do ponto do corpo da blusa quando estava terminando ela, apesar de não ter usado estou postando para quem quiser. A parte central não tem gráfico eu fiz totalmente no olhometro.
Usei fio de seda vegetal da Argentina, que aqui chamamos de viscose e agulha de croche 2,0mm. Esse fio foi comprado em Buenos Aires naquela rua que tem várias lojas de fios, eles não vendem pela internet e muito menos para fora do país, mas para quem for visitar Buenos Aires fica a dica.
Hoje está um dia nebuloso aqui em Blumenau, e preto sempre é uma cor complicada de fotografar especialmente em dias assim. Por isso as fotos não ficaram como eu queria.

bjs e bom final de semana a todos







[Gráfico]

Aqui voce poderá ver as peças que tenho a pronta entrega.

Colete Majestoso

9 de junho de 2015


Olá pessoas!

Os coletes com pelos estão em alta para esse inverno, é só dar uma volta nos shoppings que se ve vários modelos nas vitrines. Por isso resolvi investir nessa peça, mas numa feita por mim.
Queria que ele ficasse mais encorpado e que tivesse a mesma estrutura dos que são vendidos em lojas que são feitos com pelos sinteticos. Para isso escolhi o fio Majestoso da Circulo, ele é peludo e muito macio e usei com o Lirio outra paixão minha extremamente macio e que tem 50% de lã merino.
Os dois juntos deram exatamente a textura que eu queria. Gastei quase 4 novelos do majestoso e pouco mais de um novelo do Lirio. Eu optei por fazer o colete mais comprido, mas quem quiser fazer ele curtinho 3 novelos são suficientes. Pois abri o ultimo novelo somente pra fazer os acabamentos.
É uma peça gostosa e rápida de fazer, gosto de fazer essas peças entre as mais complicadas pra descontrair.
Escrevi abaixo como eu fiz o colete, geralmente as peças de trico eu faço a receita, ele é tamanho P.
Ficou com 65cm de comprimento e 95 de diametro embaixo. Utilizei agulha de trico 9mm.
Um detalhe é bom fazer uma amostra para ver se o tamanho vai ficar legal, o fio é lindissimo, mas pra desmanchar ele é bem complicado então é bom acertar de primeira.
Modo de Fazer: O colete inicia pela parte de baixo todo inteiro e será dividido em tres na altura das cavas. Com um fio de majestoso e um de Lirio coloque 90 pontos na agulha 9mm e tricote em ponto meia por 40cm. Nessa altura a peça será dividida da seguinte forma:
25 pontos frente esquerda, 40 pontos costas e 25 pontos frente direita.
Para as partes da frente trabalhe da seguinte forma: remate do lado da cava a cada duas carreiras: 3p, 2p e 1p duas vezes. E do lado do decote 1 ponto a cada 4 carreiras(6vezes). Continue reto, quando chegar na carreira 30 remate, Fazer a outra parte da frente da mesma forma.
Costas: Remate nos lados das cavas a cada duas carreiras: 3p, 2p e 1 p(2v), continue reto e remate na carreira 30.
Para o acabamento eu passei uma carreira de ponto caranguejo ao redor do colete todo e das cavas com agulha de croche 2,5mm. Não é obrigatorio esse acabamento, mas eu achei que deu mais estrutura a peça.

bjs






Aqui voce poderá ver as peças que tenho a pronta entrega.

Casaco Laurel

6 de junho de 2015


Olá pessoas!

Ultimamente ando com um monte de peças começadas, muitos projetos paralelos e quando vejo nenhuma peça concluida. Por isso decidi me organizar para focar em uma peça por vez, as vezes é dificil e dou uma escapada, mas vale a pena porque depois de pronta posso logo usar. Com o friozinho que deu essa semana resolvi me focar nesse casaco, fiz ele a partir de uma foto que achei no site da Mango (marca de roupas americana).
 Escolhi o fio precioso da Circulo eu já havia tecido ele no trico e gostei bastante no croche. Apesar de eu gostar de fios mais finos para o croche, a peça pedia um fio mais encorpado e o Precioso ficou perfeito. Não tenho receita apenas os gráficos dos pontos, o ponto do meio eu fiz diferente, porem creio que o gráfico que postei pode ser usado tranquilamente.
Utilizei agulha 3,0mm e gastei 6 novelos do fio precioso da Circulo, o casaco é tamanho 38 e tem 85cm de comprimento







[Gráfico 1]
[Gráfico 2]
Aqui voce poderá ver as peças que tenho a pronta entrega.

Saia básica

20 de maio de 2015



Olá pessoas!

Esses dias fiz essa saia para experimentar a nova cor da clea a Marsala, que está super em alta nessa estação é é considerada por muitos o "preto" do inverno 2015. Bem eu escolhi os pontos e modelo e gostei tanto do resultado que resolvi fazer outra saia no mesmo modelo só que em preto dessa vez.
Estou querendo fazer uma saia preta pra mim faz um tempinho e como queria algo mais fechado mais a cara do inverno o modelinho fechou super bem.
Eu utilizei um fio de Rayon com algodão que uma amiga comprou pra mim, antes que me peçam marca e nome do fio assim: ela comprou em uma loja que vende fios para trico e era tipo uma ponta de estoque, vieram cones grandes sem rotulo ou etiqueta. Além disso a própria vendedora falou pra ela que o tal fio estava "encalhado" há muito tempo e não era mais fabricado, foi um verdadeiro achado. Apesar dele ser meio complicado pra trabalhar porque se enrosca demais, o resultado é lindo, ele tem um brilho muito bonito. Ainda falando sobre fios para quem acompanha meu blog há mais tempo sabe que sempre menciono os fios que utilizo quando eles são fáceis de comprar, ou quando posso. Em alguns casos se eu não menciono é porque tenho motivos para não fazê-lo, motivos fortes e que não convém e nem quero expor.
Bem voltando a saia eu postei uma explicação de como fiz e os gráficos no post da saia Marsala que esta AQUI, nessa saia eu usei agulha 1,5mm porque o fio é mais fino, o legal desse ponto é que dá pra usar com vários tipos de fio e agulha basta fazer na medida desejado.
As fotos não estão muito legais, está um clima super-estranho por aqui e muito chuvoso, dai o preto não fica legal.

bjs







Aqui voce poderá ver as peças que tenho a pronta entrega.

Blusa Ópera

15 de maio de 2015



Olá pessoas!

Sexta-feira chuvosa e um pouco fria aqui no sul, clima ótimo pra tricotar e crochetar, porque não dá muita vontade de sair de casa com esse clima. Essa blusa que mostro hoje comecei ano passado no final do inverno e não adianta eu não consigo fazer peças de inverno no verão quando é pra mim, é só esquentar e largo de lado, até porque sempre que faço algo pra mim quero usar logo. Eu havia feito a parte de tras e metade da frente, esses dias fiz uma arrumação em minhas coisas e "enfileirei" os projetos que tenho começado pra terminar e chegou a vez dessa blusa. O que foi ótimo pois ela ficou leve e ideal para um dia de temperatura amena. Me inspirei em foto da blogueira Maria Sophia ela usava uma blusa listrada e o que me chamou a atenção foi o ponto dele, um pouco diferente daquele clássico 2pj e 1 laçada. A receita eu mesma montei e está abaixo, é tamanho PP.
Utilizei o fio Opera da Circulo, é um fio bem legal para peças de meia estação. E agulhas de trico circular 5mm, eu uso agulha circular mesmo para fazer peças retas é bem mais confortável, pois nao pesa tanto. Me acostumei tanto que doei tudo o que eu tinha de agulha reta aqui em casa.
As fotos hoje não ficaram muito boas, pois preto em dia de chuva é muito complicado pra fotografar.

bjs

RECEITA
Material: 2 novelos Opera preto, 2 novelos Opera Branco, agulha trico circular 5mm
Ponto fantasia:
1 carr: 1 ponto de borda, *1m, 1 laç, 1 mate duplo, 1 lac*, 1ponto de borda. rep de * a *
2 carr: em trico
3 carr: igual a primeira
4,5 e 6 carr: em meia.

Repetir essas carreiras para formar as listras, eu fiz essa sequencia  3 vezes para cada listra
Costas: com as agulhas de trico 5mm, montar 90pontos e tricotar em barra 1/1 por 7cm, aumentar 8 pontos e seguir em ponto fantasia ate obter 60cm, remate todos os pontos
Frente: Igual as costas até 44cm, dai remata os 28 pontos centrais para o decote. Continua separadamente rematando do lado do decote a cada 2 carr.: 4p,3p,2p(2v), A 60cm rematar os 24 pontos restantes e fazer o outro lado da mesma forma.
Mangas: Montar 44 pontos com a agulha 5mm, tricote 5cm em barra 1/1, passe para o ponto fantasia formando as listras e aumentando de cada lado a cada 10carr.: 1p(10v). Remate.

Montagem: Costure os ombros, com a agulha circular e o fio preto levante pontos ao redor do decote e tricote em barra 1/1 por 7cm, remate. Existem várias formas de arrematar e entre elas os arremates elásticos que são ótimos para golas, eu já tinha feito outros tipos, porem vi no blog trico em Prosa esse tipo que é fácil e rápido, está super explicado no blog e ela também indica um video, O video é ingles, mas nao se assustem, pois mesmo quem não sabe inglês irá entender, depois de ler a explicação no blog o video só irá ajudar a entender o esquema. Pra quem quiser aprender esse arremate está AQUI




Aqui voce poderá ver as peças que tenho a pronta entrega.

Blusa Ashley

4 de maio de 2015


Olá pessoas!

Esses dias postei essa blusa junto com a saia Marsala, ela  é bem conhecida na net, já foi usada desde que foi usada pela atriz Ashley Tisdale em 2011, ela é da marca Asos e a versão original tem capuz. Eu já fiz algumas delas todas em branco com e sem capuz e sempre quis ter a minha. Na verdade tinha separado o fio desde o ano passado só que nunca começava. aquela coisa de ter muito mais projetos do que mãos pra tecer. Esses dias resolvi por o projeto em prática, usei o fio ópera da Circulo e agulha 3,0mm, ela fica legal com fio e agulhas mais grossos para dar um ar mais despojado. É uma peça muito gostosa de tecer e ótima de usar. Usei ela no sábado e gostei bastante. Os gráficos e dicas de como faço  podem ser encontrados nos posts anteriores AQUI






Aqui voce poderá ver as peças que tenho a pronta entrega.

Saia Marsala

29 de abril de 2015



Olá pessoas!

Definitvamente a cor desse inverno é o tal "Marsala" só se fala dele em sites, revistas, blogs de moda e chovem looks usando essa cor. Pra mim sinceramente o Marsala é um bordo com um nome de vinho, mas são coisas de marketing e moda.  E independente do nome é uma cor bonita e que vai super bem no inverno.
A Circulo lançou essa cor em tres dos seus fios: Anne, Clea e Charme. Recebi de presente 3 novelos do Clea, por ser blogueira Novelo de Ouro, para experimentar e mostrar algo com essa bela cor.
Como meu negócio é roupa, decidi criar um modelo de saia que ficaria legal pra usar no inverno. Logo lembrei das saias sino, aquelas mais ajustadas no corpo e com um babado na parte de baixo. Particularmente adoro esse modelo. Queria um ponto mais fechado tanto no ponto do corpo quanto no barrado. Até tinha pensado em fazer o babado no mesmo ponto do corpo, mas dai fiquei com medo que ia faltar fio. Tenho um pouco de neura com esse negocio de faltar fio, e sobrou um novelo inteiro, poderia ter feito o barrado como havia pensado no inicio. Mas achei fofo assim também
Para fazer a saia gastei 2 novelos de clea 1000 na cor marsala 7136, a saia é tamanho 38, eu faço primeiro o cós em ponto alto na largura do quadril, nesse caso 95cm,dobro ao meio fecho com ponto baixo e inicio o corpo da saia, na parte dobrada eu passo um elastico. Teci o ponto do corpo por 36cm, depois disso passei uma carreira de ponto baixo e fiz o barrado. Os gráficos estão postados abaixo, no barrado eu fiz primeiro uma carreira de rede(5 correntes, pula 3 pontos, 1 ponto baixo) e depois uma carreira de pontos altos, coloquei 5 em cada elo. Lembrando que pra fechar o gráfico do barrado é preciso que o numero de redes seja par.
Eu usei o gráfico do barrado a partir da carreira 15 com algumas alterações.
Depois é só forrar eu gosto muito da liganete, fica muito confortável.
Tentei fotografar em vários horários e locais diferentes, mas hoje a iluminação está muito estranha e as fotos não ficaram como eu queria.


bjs







[Corpo da saia]
[Barrado]


Aqui voce poderá ver as peças que tenho a pronta entrega.

Vestido de noiva em croche

27 de abril de 2015


Olá pessoas!

Quem me acompanha pelas redes sociais viu várias fotos durante os últimos tempos de pedaços de uma peça em branco, feita com um fio de brilho lindo e muitas ficaram curiosas.
Bem hoje vou mostrar a peça, ou melhor as peças: o vestido da noiva e da daminha que fiz. O casamento foi no sábado(25/04) e eu não postei antes para manter a surpresa.
A noiva é aqui da cidade mesmo e sonhava com um vestido feito de croche, uma amiga me indicou e ela veio conhecer meu trabalho e trocar uma idéia sobre o que ela queria e depois de um tempo acabou fechando a encomenda.
Para chegarmos ao modelo final surgiram várias ideias, algumas coisas ela tinha bem claro em mente:
Queria que a saia fosse ampla e em ponto abacaxi, que o vestido fosse decotado nas costas, que marcasse bem a cintura, que tivesse algum motivo no decote mas não queria flores. 
Foram várias idéias e o fato dele o vestido ser aberto nas costas limitava muitas delas.
Estávamos com um esboço praticamente pronto quando mostrei pra ela um vestido curto em verde e cuja a frente não tinha motivos com flores e sim algo meio geométrico, ela se encantou e perguntou se teria como fazer as costas como ela havia sonhado, pois seria perfeito. E foi ele o escolhido, a partir de uma blusa que era toda fechada no vestido inspiração. Comecei montando a blusa, a parte da frente como falei foi inspirada em um modelo existente, mas totalmente no olhômetro, não tinha gráfico. A saia foi em ponto abacaxi comecei com eles menores e fui aumentando a quantidade de pontos e de abacaxis para que a saia ficasse bem ampla. 
Para o forro a noiva mandou fazer em uma costureira um vestido de cetim com bojo estruturado e saia da largura do vestido e ainda uma anagua de filo para dar estrutura ao vestido e facilitar na hora de andar.
Como o casamento foi realizado em um sitio ela optpu por um peep toe nude de saldo medio e grosso, para não ter problemas ao caminhar. Para o vestido da daminha eu procurei fazer algo no estilo do vestido da noiva porém mais simples: fiz a blusinha toda em ponto alto, com manguinha japonesa, saia ampla em abacaxis e uma fita de cetim arrematada com flores na cintura. O forro foi uma saia de cetim e tule mais comprida que o vestido para ficar armadinho também.
Sobre o fio ele foi feito especialmente para a ocasião, a noiva viu uma seda vegetal da Argentina que eu tinha e se encantou. A partir de uma amostra o fio foi desenvolvido com algumas alterações que pedi como ser um pouco mais fino e mais torcido que a seda argentina. Resultado um fio de viscose maravilhoso de trabalhar e que deixa a peça linda e sofisticada.
Para quem não sabe a seda vegetal como costumam chamar na Argentina é o que chamamos de viscose. Quem esta acostumada a tecer com algodão por exemplo estranha no começo, mas acostuma com o tempo e o resultado compensa. O único porém desse tipo de fio é que ele cede depois de molhado então devemos ter dois cuidados essenciais:
- Tecer com agulha fina, apesar do fio permitir agulha mais grossa nada de cair na tentação para ir mais rápido, pois quanto mais grossa a agulha mais o fio vai trabalhar eu usei agulha 1,5 e 1,75mm
- Molhar a parte tecida de tempos em tempos: eu teço um bom pedaço e molho para que o fio ceda o que tem que ceder e não cresça depois que a pessoa for usar.
E agora estou na torcida para que esse fio seja fabricado e esteja disponível no mercado, pois para quem gosta de fazer peças mais sofisticadas ele é perfeito e temos poucas opções no Brasil. E importar está cada dia mais complicado seja pelo valor do dólar ou pela demora pra mercadoria chegar.
Abaixo as fotos dos vestidos na maneca e na noiva, aliás as fotos do casamento são um show a parte. As minhas ficam só pra registro, mas estão até com vergonha, rsrs
Sobre o trabalho, apesar de ser uma responsabilidade enorme, foi gratificante demais participar de um sonho, poder idealizar um vestido lindo desses, as minhas idéias foram muito bem aceitas. Trabalhar com um fio maravilhoso, tudo que amo. Pois amo croche, mas definitivamente os vestidos são minha grande paixão

bjs
















Aqui voce poderá ver as peças que tenho a pronta entrega.

Dicas sobre tipos de fios

24 de abril de 2015


Olá pessoas!

Há cerca de dois ou tres anos a Manequim lançou duas coleções de livros bem legais: Guia completo de Trico e Guia completo de croche. Hoje estava olhando um dos livros da coleção de trico e achei uma parte muito interessante que serve para qualquer pessoa que goste e faça trico, croche ou outra arte que envolva fios. Eu sempre procurei conhecer e estudar sobre fios e fibras, afinal é a nossa principal matéria-prima e conhecer um pouco mais nos ajuda a escolher qual o melhor fio para determinada peça e também de onde vem cada material que usamos. Sem falar que conhecimento nunca é demais, acho legal mesmo para quem não é profissional. Além de tentar conhecer mais sobre os tipos de fibras eu também experimento muito,  já comprei muito fio ruim, muita coisa por impulso só porque era novidade. E hoje depois de anos aprendi que a coisa mais importante é a composição do fio, e que se queremos algo de melhor qualidade e durabilidade, com certeza iremos pagar mais caro, porém teremos uma peça linda que irá durar muitos anos. Claro que depende muito do que se vai fazer, tem aquelas modinhas de uma estação que não compensam que se invista muito, mas pra vestuário em geral eu acho ótimo ter uma peça que mesmo depois de lavada muitas vezes continua com cara de nova.
A figura abaixo é do livro que citei, é legal que mostra a origem dos diferentes tipos de fibra, no livro tem textos ótimos e explicações sobre cada tipo de fibra e suas variações. Não vou postar os textos por questões de direitos autorais, mas deixo a dica pra quem quiser se aprofundar mais no assunto vale a pena. Essa parte foi extraida do Guia completo de Trico volume 1, acho legal as duas coleções, porém pra quem não quer gastar muito só esse livro já é uma boa aquisição. 
Dei uma pesquisada e só achei ele a venda no mercado livre e em sebos virtuais, não sei se a Editora Abril ainda está vendendo.



bjs


Aqui voce poderá ver as peças que tenho a pronta entrega.

Cropped Opera

8 de abril de 2015


Olá pessoas!

As blusas estilo cropped - aquela que deixa um pedacinho da barriga de fora - sejam de tecido ou em croche foram sensação no ultimo verão e continuam sendo tendencia no inverno. Outra tendência forte para o inverno são as franjas.
Quando vi uma blusa da "Missguided" nas minhas andanças pela net misturando essas duas tendências eu me apaixonei. O modelo é composto por squares feitos em ponto alto muito simples e unidos entre si por redes de correntinhas, as franjas dão um toque despojado e moderno a blusa.
Como toda apaixonada por fios eu tenho um estoque bem maior do que minhas mãos dão conta e do que consigo tecer, é aquela compulsão por fios. Eu tinha em meu estoque o fio Opera da Circulo e achei que ele ficaria legal para meu projeto, é um fio da coleção inverno 2014 100% acrilico, eu já havia usado no trico e dessa vez experimentei no croche. Ele é mais grossinho e acho que fica legal no croche para peças nesse estilo mais "largado", usei agulha 2,5 para tecer a blusa.
A blusa é tamanho P, fiz 36 squares, sendo 24 para o corpo e 6 para cada manga. Como sou muito ansiosa acabei esquecendo de fotografar a montagem. Achei um esquema de montagem de outra blusa que ajuda a ter noção de como montar voce pode ve-lo AQUI.
Gostei bastante do resultado, ficou um pouco diferente da inspiração devido ao fio que usei e também coloquei mais franjas com menos fios, questão de gosto. Eu até havia feito as franjas no esquema da original, mas preferi do meu jeito.
As fotos não ficaram muito boas, preto é complicado, dependendo da iluminação as fotos não ficam boas. Eu preciso levar a maneca pra varanda pra ficar legal e fiquei com preguiça hoje, me desculpem!

bjs


A inspiração





Aqui voce poderá ver as peças que tenho a pronta entrega.

Vestido Mermaid em Viscose

6 de abril de 2015


Olá pessoas!

Já faz um tempo que não posto nada, estava envolvida num projeto grande tanto no tamanho quanto na responsabilidade e assim sem tempo para coisas menores e projetos pessoais. O projeto é um vestido de noiva e assim que passar o casamento irei posta-lo com todos os detalhes. Hoje vim mostrar um vestido que comecei ano passado e entre várias paradas e problemas ele acabou ficando muito tempo em execução. No fim eu não via a hora de termina-lo.
Quando vi esse lindo fio de Viscose no site da Turquia Ice-Yarns me encantei, pois é muito dificil achar fios lisos de viscose nessa espessura, ou eles são super-grossos ou finos demais. Esse tinha a espessura ideal para vestidos. Comprei esse fio em julho do ano passado junto com outras 3 cores, e assim que vi esse amarelo decidi que ia fazer o vestido similar ao Oscar de la Renta, que fiz há algum tempo e sou apaixonada. Nna especificação do site dizia que cada novelo de 50 gramas possuia 500 metros e o pacote tinha 6 novelos, ou seja 3000 metros de fio, quantidade suficiente para um vestido com pontos bem elaborados. Depois de mais de três meses para receber o fio graças aos nosssos serviços de correios, finalmente recebi os fios e comecei logo meu projeto. Porém, ao tecer o primeiro novelo percebi que havia sido enganada, o novelo tinha em torno de 150 a 170 metros e jamais os 500 conforme descrito no site e no proprio rótulo. E além de demorar demais quando compramos algo de fora, o site não tinha mais estoque. Aliás está cada vez mais dificil comprar de sites do exterior tanto pelo dolar nas alturas como pela demora enorme dos nossos órgãos para liberar as mercadorias, parece que fazem de tudo pra que a gente desista de comprar coisas do exterior. Fiquei muito frustrada pois o pouco que havia tecido eu tinha amado e queria demais o vestido. Minha salvação foi uma amiga de croches que havia comprado os fios na mesma ocasião que eu porem em maior quantidade e ela me salvou cedendo 12 novelos, assim eu tinha 18 e podia tranquilamente fazer o vestido. Claro que a essa altura já estavámos em fevereiro de 2015 e parecia que fazia séculos que eu havia começado o vestido e feito somente a parte de cima. 
A primeira vez que fiz esse vestido eu usei esterlina 5 que é mais fino, como esse fio é mais grosso e tambem devido a pouca metragem, eu fiz algumas alterações nos pontos para "economizar" fio. Como fazer duas laçadas ao inves de 3 nos leques do ponto fantasia, como o fio é mais grosso o efeito ficou legal. Também usei o mesmo ponto no corpo todo, no original o ponto do quadril é mais fechado, o que consome mais fio. Também fiz o decote mais aberto por questão de gosto mesmo, achei que fica mais legal de usar no verão. E se eu quiser usar no inverno jogo uma jaqueta de couro e botas. Ainda falta fazer o forro, vou fazer um vestido combinação na cor do vestido em malha fria.
Eu fui postando fotos de pedaços desse trabalho nas redes sociais e muitas me perguntaram sobre o fio: como falei acima eu comprei no site turco Ice-Yarns, o nome era Glanz viscose e não tem mais nenhum desse fio em estoque. Eles costumam lançar fios por temporada e quando esgota os estoques não são respostos. O que mais me chateou foi a metragem ter sido informada errada no site, e apesar de comprar nesse site há anos, não sei se farei de novo. Pois acho muita sacanagem colocar uma informação tão errada.
A viscose também é chamada pelos especialistas de seda vegetal, é um material legal para vestuário porém requer alguns cuidados. O primeiro deles é que o croche tecido com esse tipo de fio "cresce" um pouco depois de lavado. Por isso sempre que faço algo em viscose eu costumo ir molhando a peça pra que não fique mais comprida do que eu quero. Outro detalhe é que por ser muito liso o novelo parece ter vida propria e se desmonta super fácil o que pode dar muitos nós. Para evitar que isso acontecesse eu coloquei dois elasticos no novelo e ia soltando conforme o que precisava. O novelo na verdade já vinha com um elástico por baixo do rótulo para "segurar" o fio, porém na hora de tecer isso não adiantava, depois de muitos nós, me acertei com os dois elásticos, coloquei uma foto no final do post mostrando o meu truque.
Os gráficos que utilizei estão no post anterior desse modelo AQUI








O truque do elástico


Aqui voce poderá ver as peças que tenho a pronta entrega.
 
◄Design by Pocket